MACC

Minho Advanced Computing Center

MACC é uma infraestrutura colaborativa nacional para promover e apoiar iniciativas de Ciência Aberta em supercomputação, ciência de dados e visualização. É uma infra-estrutura sustentável de computação e dados, destinada a comunidades científicas e industriais nacionais, articulando-se ainda com parceiros internacionais.

O MACC foi criado em Novembro de 2017 através de um acordo celebrado entre a FCT, a Universidade do Minho e a Universidade do Texas em Austin (EUA) que gere um dos maiores centros de supercomputação mundiais do setor da academia, o TACC – Texas Advanced Computing Center.

É o membro principal da RNCA – Rede Nacional de Computação Avançada – e opera um conjunto de recursos tecnológicos do tipo HPC – High Performance Computing – para serem usados pelas comunidades de investigação, tecnologia e inovação/indústria.

deucalion
bob_acc
Assinatura do EuroHPC JU Grant Agreement

Recursos Disponíveis

Bob

Instalado em 2019
800 nós com tecnologia Intel Xeon “Sandy Bridge” @2.7 GHz
1,5 PB de armazenamento em disco
Infiniband FDR
1 PFlop de capacidade máxima de processamento

Deucalion

Instalação prevista para 2022
Especificações publicadas no site EuroHPC
Um dos 5 supercomputadores Petascale co-financiado pelo EuroHPC
Fujitsu PRIMEHPC A64FX (ARM partition) e Atos Bull Sequana AMD EPYC (x86 partition)
33 nós com GPUs NVidia Ampere
Storage com 430 TB High-speed NVMe partition e 10.6 PB high-speed based Parallel File System partition
10 PFlop de capacidade máxima de processamento